Nucleovet faz doação ao Hospital Regional do Oeste

Recursos são parte do valor das inscrições pagas do 21º Simpósio Brasil Sul de Avicultura

Por MB em 22/04/2021 às 16:55:26

Reinaldo Fernandes Lopes, Luiz Carlos Giongo, Sarah Antunes, Celso Edemer Grando Coletti e Osmar Arcanjo de Oliveira.

O Núcleo Oeste de Médicos Veterinários e Zootecnistas (Nucleovet) destinou parte do valor das inscrições pagas no 21º Simpósio Brasil Sul de Avicultura (SBSA) – evento promovido neste mês – para o Hospital Regional do Oeste (HRO), em Chapecó. O ato simbólico de entrega foi realizado, nesta semana, pelo presidente do Nucleovet, Luiz Carlos Giongo, e pela conselheira fiscal Sarah Antunes. Representaram o HRO o presidente da Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira – entidade filantrópica que administra o Hospital – Reinaldo Fernandes Lopes, o vice-presidente, Celso Edemar Grando Coletti, e o diretor geral do HRO, Osmar Arcanjo de Oliveira.

Tradicionalmente, em todos os Simpósios que promove, o Nucleovet doa parte do valor das inscrições pagas para entidades. Nesta edição, a comissão organizadora definiu por fazer a doação para o HRO. No total, o Hospital recebeu R$ 23.771,60. "Nesse momento tão conturbado que estamos vivendo por causa da pandemia, decidimos concentrar nossos esforços para ajudar o HRO. Fizemos uma pesquisa entre nossos associados e todas as respostas foram positivas para essa ação", sublinhou Giongo.

Com o avanço dos casos de covid-19 neste ano, os leitos de UTI no HRO destinados para esses pacientes foram ampliados de 35 para 102. Porém, no período de maior contaminação, o Hospital chegou a ter 136 pacientes internados em UTI. Lopes frisou que a iniciativa do Nucleovet ajudará frente ao cenário de dificuldades causadas pela pandemia. "Sempre surgem novos desafios, mas ficamos felizes porque a sociedade reconhece nosso trabalho e sempre contribui. São pequenas ações que somadas fazem a diferença para a manutenção do Hospital e o atendimento à comunidade", enfatizou.

O presidente da Associação Hospitalar lembrou que no ano passado o Nucleovet já contribuiu com o HRO, com a doação de um equipamento desfibrilador com monitor, no valor R$ 23.221,37, além de 120 conectores e 30 circuitos de ventilação mecânica, no valor de R$ 8.272,50. "Foram equipamentos fundamentais em um momento delicado. Somos gratos às doações realizadas pela entidade. Os recursos destinados ao hospital neste ano também auxiliarão na manutenção da estrutura e dos atendimentos", acrescentou Lopes.

O HRO é o maior hospital filantrópico de Santa Catarina. Atende uma população de aproximadamente 1,2 milhão de pessoas de todo o grande oeste catarinense. Aproximadamente 90% dos atendimentos é pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Além de referência no atendimento à covid-19, possui, entre suas especialidades anestesiologia, cardiologia, cirurgia geral, cardiovascular, bucomaxilo facial, plástica e torácica, além de clínica vascular e médica, gastroenterologia, ginecologia e obstetrícia, hematologia, nefrologia, transplante renal e de córnea, neurocirurgia, neurologia, oftalmologia, oncologia, radioterapia, oncologia infantil, ortopedia e traumatologia, otorrinolaringologia, pediatria, pneumologia, reumatologia e urologia.

O presidente do Nucleovet frisou a importância do Hospital para a região. "Conhecemos as necessidades do HRO. Por isso, fizemos as doações", comentou Giongo, ao lembrar que em 2020, além dos equipamentos, foram entregues kits de diagnóstico de covid-19, em parceria com a Embrapa.

O 21º Simpósio Brasil Sul de Avicultura (SBSA) ocorreu de 6 a 8 deste mês. De forma inédita, a edição deste ano foi inteiramente on-line. O evento trouxe ao público debates de peso e temas atuais para contribuir com o desenvolvimento da cadeia avícola brasileira. Durante os três dias, grandes especialistas nacionais e internacionais do setor abordaram o futuro do mercado, questões de abatedouro, sanidade, manejo e nutrição na avicultura.

Fonte: MB Comunicação

Orcontabil -
nespolo 3
Mahh - Marcela
MVA